Produção de energia em grande escala

A queima de petróleo, carvão e gás natural está causando o caos climático. Além disso, a extração desses combustíveis fósseis e, cada vez mais, o uso de energia geotérmica e de biomassa, também destroem os meios de subsistência e as florestas. As grandes empresas de energia pedem que os governos reprimam violentamente a resistência das comunidades a essa destruição. Os combustíveis fósseis, em particular, têm deixado um rastro de destruição e opressão violenta, enquanto um pequeno número de empresas embolsa lucros astronômicos.

As comunidades indígenas afetadas pela poluição da atividade petrolífera também são impedidas de acessar água potável para consumo e uso. Há onze anos, no norte da Amazônia peruana, cem comunidades e suas federações indígenas travam uma luta unitária, constante e articulada em defesa de seus territórios e rios.

É impossível pensar em extração sem pensar em uma vasta rede de infraestrutura complementar e, portanto, em desmatamento e destruição ainda mais amplos.