Estônia

Em maio de 2017, o governo da Estônia lançou um procedimento para um plano nacional de espaço, visando determinar o local mais adequado para um projeto de fábrica de 1 bilhão de euros nos distritos de Viljandi e Tartu, bem como um procedimento de avaliação estratégica de impacto ambiental. A empresa Est-For Invest planejava construir uma fábrica de celulose de grande porte, que processaria cerca de 3,3 milhões de toneladas de celulose, com produção de até 750 mil toneladas por ano, principalmente para exportação.