Roubo legal de terras

Na maioria dos países com florestas tropicais, os governos mantêm a herança colonial que declarou o Estado como proprietário das terras florestais. Isso permitiu que os governos concedessem terras a investidores privados de forma legal, muitas vezes violando a propriedade tradicional comunitária da terra. O resultado é a expansão continuada das atividades corporativas que destroem as florestas.

A falsa ideia de que as plantações industriais são uma solução para a crise climática é uma oportunidade de ouro para fundos de investimento como o Arbaro, que usa o escasso financiamento climático para expandir monoculturas destrutivas.