Roubo legal de terras

Na maioria dos países com florestas tropicais, os governos mantêm a herança colonial que declarou o Estado como proprietário das terras florestais. Isso permitiu que os governos concedessem terras a investidores privados de forma legal, muitas vezes violando a propriedade tradicional comunitária da terra. O resultado é a expansão continuada das atividades corporativas que destroem as florestas.

Os movimentos coloniais e anticoloniais influenciaram profundamente a definição dos padrões e impactos das concessões no Sudeste Asiático. Em alguns casos, as comunidades perderam suas terras por meio de apropriações disfarçadas de concessões. Em outros, as concessões fazem parte de uma reconcentração da propriedade da terra. Em ambos, o modelo de concessão se encaixa bem nas ideologias de modernização.