Roubo legal de terras

Na maioria dos países com florestas tropicais, os governos mantêm a herança colonial que declarou o Estado como proprietário das terras florestais. Isso permitiu que os governos concedessem terras a investidores privados de forma legal, muitas vezes violando a propriedade tradicional comunitária da terra. O resultado é a expansão continuada das atividades corporativas que destroem as florestas.

Atualmente, a indústria da conservação está promovendo a ideia de “comprar” Concessões de Conservação e reconstituí-las como modelos de negócios com fins lucrativos. Um caso em questão é a “African Parks network” (Rede de Parques Africanos), que administra 19 Parques Nacionais e Áreas Protegidas em 11 países da África.