Canadá

Em 2009, a empresa global de alimentos Unilever vendeu sua subsidiária de óleo de dendê Plantations et Huileries du Congo (PHC), na República Democrática do Congo (RDC), para a empresa canadense Feronia.
2 November 2016. European and US development funds are bankrolling palm oil company Feronia Inc despite land and labour conflicts at its plantations in the Democratic Republic of the Congo (DRC). New information now raises questions as to whether the Canadian-based company misused millions of taxpayer dollars destined for international aid by way of companies connected to a high-level DRC politician.
Disponível em inglês, espanhol, francês, alemão, lingala e suaíli.
Desde 2011, o acampamento dos indígenas Unist’ot’en, ​​no noroeste da Colúmbia Britânica, no Canadá, tem um ponto de controle do acesso a seu território, cujo objetivo é frear os planos do governo e da indústria para construir vários gasodutos e oleodutos.
Os indígenas Matsés lutam para impedir que a empresa petrolífera canadense Pacific Rubiales, que pertence ao grupo Soros, destrua seu território e ponha em risco suas vidas e florestas. Um dos lotes da empresa, na fronteira com o Brasil, está em uma área proposta como Reserva Nacional para, em teoria, protegê-los. Outro de seus lotes foi demarcado em cima do território dos Matsés, do qual eles têm título de propriedade. No entanto, eles continuam lutando. “Nossos antepassados sempre nos disseram que os estrangeiros começaram os conflitos.
O movimento indígena de base Idle No More interrompeu o acesso à mina de ouro, cobre e zinco da HudBay Minerals Inc, uma mineradora de nível intermediário com sede em Toronto, em Lalor, por várias horas no início de março.
Disponível apenas em inglês. WRM information sheets on GE tree research First posted: 1 August 2008 Updated: 1 October 2008 (including information provided by the Canadian Biotechnology Action Network) Updated:  August 2014 (including information provided by the Canadian Biotechnology Action Network)
Por Global Forest Coalition Este informe está basado en estudios de caso de 21 países: Australia, Brasil, Camerún, Canada, Chile, Colombia, República Checa, Gana, India, Indonesia, Kenia,Malasia, Holanda, Nueva Zelanda/Aotearoa, Papua Nueva Guinea, Rusia, Sudáfrica, Surinam, Uganda, Reino Unido, y Uruguay.