Plantações de árvores em grande escala

As plantações industriais de árvores são grandes monoculturas, de manejo intensivo e com árvores da mesma idade, que colocam vastas áreas de terra fértil sob controle de empresas de plantações. O manejo dessas plantações envolve grandes quantidades de água e agrotóxicos, causando danos a seres humanos, plantas e animais nas plantações e nos arredores.

Artigos de boletim 30 Março 2023
As florestas do Camboja sofreram desmatamento em grande escala para plantações de seringueira e mandioca, extração ilegal de madeira e outros interesses econômicos. Além disso, Áreas Protegidas e projetos de carbono, como o REDD+, têm afetado gravemente as comunidades das florestas. Apesar da criminalização, essas comunidades lutam, destacando a importante conexão entre viver com suas florestas e a autonomia para ter alimentos suficientes, diversificados e nutritivos.
Artigos de boletim 30 Março 2023
Uma recente Consulta Popular no Equador pretendia, entre outras coisas, tornar as “compensações por serviços ambientais” um direito constitucional. A maioria dos eleitores votou NÃO, mas essa tentativa é um alerta sobre os interesses que visam aprofundar as políticas de apropriação e mercantilização da natureza.
Artigos de boletim 30 Março 2023
Povos e comunidades indígenas nas florestas da Tailândia estão ameaçados por políticas que agregaram um novo tipo de ativo: os créditos de carbono. Na verdade, a legislação aprovada em nome da conservação e da mitigação climática está projetada para limitar o uso que as comunidades florestais fazem de suas terras e florestas, enquanto as empurra para áreas menores. (Disponível em Tailandês).
Artigos de boletim 30 Março 2023
Acabar com a queima de combustíveis fósseis é urgente, mas as empresas de petróleo e gás estão aumentando a produção e os lucros em 2022. Os poluidores maquiam suas atividades de verde alegando que compensam suas emissões com investimentos em “soluções baseadas na natureza”, o que significa grilagem de terras, violência e controle corporativo sobre vastas áreas de terra no Sul global.
Artigos de boletim 30 Março 2023
Neste mês de março, lembramos de um boletim que denuncia as camadas de opressão enfrentadas pelas mulheres que vivem no entorno das plantações.
Outra informação 30 Março 2023
No início de 2023, o Chile voltou a sofrer megaincêndios que causaram danos devastadores às regiões afetadas.
Outra informação 30 Março 2023
Uma investigação do programa Panorama, da BBC, revela como a empresa britânica de energia Drax está ligada à exploração de madeira nas florestas da Colúmbia Britânica, no Canadá.
Multimídia 22 Março 2023
A empresa de plantação de dendê Socfin trouxe violência e opressão a vários países africanos. Serra Leoa não é exceção. Disponível apenas em inglês.
Artigos 8 Março 2023
No Dia Internacional da Mulher, compartilhamos uma série de artigos e materiais audiovisuais com várias histórias de luta em Serra Leoa, Uganda, México, Brasil, Argentina e Índia.
Alertas de Ação 24 Fevereiro 2023
Four years ago, nine communities from the DRC filed a complaint with the Independent Complaints Mechanism (ICM) of three European development banks financing the oil palm plantation company PHC. The complainants were seeking a resolution to a long-standing land conflict. Since the complaint was filed there has been an escalation in the number of community members who have been imprisoned, beaten, raped and even killed.
Artigos de boletim 16 Janeiro 2023
Os acordos a que os governos chegam (ou não chegam) durante as cúpulas climáticas da ONU não são muito relevantes no mundo real da expansão do mercado de carbono. Empresas, governos, ONGs conservacionistas, consultorias, corretoras, bancos e muitos outros atores interessados ​​estão se esforçando para estabelecer os esquemas de mercado de carbono como sendo “o único caminho a seguir”.
Artigos de boletim 16 Janeiro 2023
As plantações de dendezeiros são a principal causa do desmatamento no sudeste do México. Uma rede de mulheres em Chiapas se organizou para denunciar as táticas de coerção e fraude usadas pelo Estado e pelas empresas para que os camponeses aceitem a monocultura em suas terras. A luta delas é pela terra, por seus saberes e para que suas vozes sejam ouvidas.